No Brasil, o Dia da Ave é celebrado em 05 de outubro por força do Decreto nº 63.234, de 19 de setembro de 1968, que foi revogado, posteriormente, pelo Decreto do Presidente da República de 3 de outubro de 2002, mas manteve a data da comemoração. O Decreto de 2002 definiu como  centro de interesse para as festividades o Sabiá-laranjeira (Turdus rufiventris) – símbolo representativo da fauna ornitológica brasileira, considerada popularmente a Ave Nacional do Brasil.

A data tem cunho educativo e foi criada com o objetivo de promover a proteção das aves, especialmente aquelas que correm risco de extinção. Atualmente, o país conta com 1971 espécies de aves, segundo o Comitê Brasileiro de Registros Ornitológicos e é o terceiro país no mundo com maior variedade de espécies.

Na Cidade Universitária, já foram registradas mais de 200 espécies de aves, das quais mais da metade pode ser encontrada com relativa frequência. Em homenagem à data, destacamos, na foto abaixo, a beleza do sabiá-laranjeira (Turdus rufiventris), cantada em prosa e verso, imortalizada na “Canção do Exílio”,  de Gonçalves dias.  Os encantos da ave podem ser admirados ao longo de todo o ano no Campus, especialmente na primavera, quando ocorre a temporada de reprodução e o seu canto é usado para atrair a fêmea e demarcar território.

 

ave

Sabiá-laranjeira na Cidade Universitária - Foto: Alfredo Heleno.

 

 Vamos proteger nossas aves para que continuem nos deliciando com seus cantos e suas belezas!

 

 

Praça Jorge Machado Moreira, 100, Cidade Universitária, Rio de Janeiro, RJ - CEP 21941-592 | Caixa postal 68.010, Tel.: +55 21 3938-0346

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

UFRJ Prefeitura Universitária
Desenvolvido por: TIC/UFRJ