Dicas e Orientações

 

A gestão da segurança nos espaços públicos por parte da Prefeitura da UFRJ passa por investimentos em tecnologia para controle e monitoramento, mas também na construção de uma cultura solidária e preventiva de troca de informações para enfrentamento do crime. O registro as ocorrências de sinistros que acontecem dentro do campus é essencial para que esses números entrem para a mancha criminal da 17ª Área Integrada de Segurança Pública (AISP), que compreende os bairros da Ilha do Governador e a Cidade Universitária.

A proposta da Prefeitura da UFRJ com a campanha "UFRJ Segura" é estimular a comunidade universitária a fazer o boletim de ocorrência na Delegacia Online para fornecer informações qualificadas e precisas como forma de evitar o furto de veículos, os sequestros-relâmpagos, os roubos aos pedestres, entre outros crimes.

Em caso de algum sinistro, a orientação da Prefeitura da UFRJ é que a vítima entre em contato ou vá até a Coordenação de Segurança da UFRJ (DISEG), onde receberá todo o apoio e a orientação necessária para realizar o boletim de ocorrência no site da Delegacia On-line.
Assim, mantenha o número do telefone da Coordenação de Segurança (9090) 3938-1900 sempre a mão e preste atenção nas dicas:

1 - O campus Cidade Universitária está integrado à cidade do Rio. Por isso, haja da mesma forma que você faz quando está em outros bairros da cidade, mantenha-se alerta na saída e chegada ao campus, pois essas ocasiões são as mais propícias a sequestros. Evite sair ou chegar sozinho em horário avançado.

2 - Preste atenção ao que se passa na rua e desconfie de situações estranhas e fora do comum. Por exemplo, a presença constante de um mesmo veículo nas redondezas, pode ser um indicador de que estão estudando seus hábitos. Registre todos os dados, tais como a placa, a cor, o tipo de veículo e as características dos suspeitos etc. e comunique imediatamente a Diseg ou, em caso de ato violento, à Polícia Militar (190).

3 - Antes de estacionar, verifique atentamente as condições do estacionamento e, em caso de dúvida, se houver condições, retire-se do local imediatamente. Procure estacionar em locais movimentados e bem iluminados. Após estacionar, verifique se pessoas estranhas o acompanham. A maioria dos estacionamentos na universidade são gratuitos e sem controles de acesso, permitindo o ingresso de qualquer pessoa.

4 - Ao se aproximar do veículo esteja sempre com as chaves à mão, observe o redor e entre rápido, de partida e saia imediatamente. Deixe para ligar o rádio ou falar ao celular em outro local. Não entre no veículo estacionado se houver pessoas suspeitas nas proximidades.

5 - Ao ingressar no prédio, observe se há pessoas ou veículos suspeitos parados nas proximidades ou qualquer outra situação que possa despertar desconfiança. Evite entrar no prédio sem antes confirmar a suspeita e, se for o caso, chame a Diseg ou, conforme o caso, acione a Polícia Militar (190).

6 - Já no veículo, evite se envolver em discussões, aglomerações, provocações no trânsito ou perturbações de rua, pois elas podem ser artificiais e criadas com o intuito de distrair e possibilitar crimes.

7 - Fique atento. Transformar o interior do veículo em área de estudo ou entretenimento é dar aos criminosos a oportunidade de ação. Procure também não transportar valores no carro e evitar o uso ostensivo de equipamentos eletrônicos (smartphones, tablets e notebooks) ou jóias. Jamais deixe objetos expostos no veículo. Tranque-os no porta-malas.

8 - Jamais confie as chaves do carro aos chamados "tomadores de conta" ou a lavadores de automóvel, ainda que os conheça de vista. Se for ameaçado por um deles, chame a DIseg. As quadrilhas se valem de tais pessoas para obter duplicatas das chaves, que depois servirão para furtar. E nunca deixe as chaves no veículo, mesmo que a ausência seja por pouco tempo.

9 – Não permaneça nas unidades além do tempo necessário, para evitar ficar sozinho esperando a condução. No ponto de ônibus, não fique com o celular na mão ou outro dispositivo eletrônico exposto. Deixe para enviar um recado antes de deixar a unidade em que estuda ou trabalha. Fique atento às pessoas e o que está acontecendo ao seu redor.

10 – Caso alguém peça dinheiro ou comida, ignore ou arrume uma desculpa para não atendê-la. Além de incentivar a presença dessas pessoas no local, elas podem estar avaliando se você tem algo de valor que possa ser roubado. Chame a Diseg ou os vigilantes terceirizados para que retirem o pedinte do local.

Praça Jorge Machado Moreira, 100, Cidade Universitária, Rio de Janeiro, RJ - CEP 21941-592 | Caixa postal 68.010, Tel.: +55 21 3938-9324 Fax: +55 21 3938-4940

UFRJ Prefeitura Universitária
Desenvolvido por: TIC/UFRJ